Dicas Flanci: aprenda a recompor o corpo pós-Carnaval -

Carnaval é um momento de alegria, de festejar e até de descansar a mente. Mas muitas pessoas acabam exagerando na bebida. Se você foi uma dessas pessoas que exagerou, fique atenta e aprenda a se recompor rapidamente com as dicas a seguir:

Hidratação

Agora é a hora de hidratar o corpo e repor os minerais perdidos. A água de coco é o melhor remédio nesse caso. Água, sucos de fruta e chás também são bem-vindos. Algumas ervas ajudam a renovar as células hepáticas e, assim, acelerar o processo de purificação das toxinas do álcool. Chás de salsaparrilha, erva-picão, macela e erva-cidreira são excelentes desintoxicantes. Depois das refeições, o chá verde e o de hortelã facilitam a digestão.

Descanso

Cerca de cinco horas depois da bebedeira, as células cerebrais começam a se recuperar, mas ainda estão ultrassensíveis. É por isso que a luz e o barulho incomodam tanto. No dia seguinte, os danos ainda são sentidos e é praticamente impossível se concentrar. Se possível, repouse. Mantenha a luz apagada, cortinas fechadas e fique deitado. Nesse momento o que o corpo mais pede é descanso.

A Flanci te ajuda a cuidar melhor da sua saúde. Entre em contato e garanta a cotação do plano de saúde que mais se encaixa em seu perfil: 4003-3156.

Evite remédios

Embora alguns medicamentos ajudem a minimizar os estragos produzidos pelo álcool, como aqueles que unem analgésico (contra dor de cabeça), antiácido (contra a queimação no estômago) e antiemético (contra enjoos), nenhum é capaz de resolver tudo de uma só vez, e a melhor recuperação sempre leva o tempo natural do organismo.

Alimentação

Consuma alimentos de fácil digestão; faça uma alimentação leve, pobre em gorduras, rica em frutas, vegetais e líquidos. Inclua no cardápio os carboidratos complexos, como pão e biscoito de água e sal. O álcool aumenta a acidez e irrita a mucosa estomacal. Os alimentos secos e salgados desaceleram a produção de ácido. Essas comidas também dão energia para o fígado na hora de processar as toxinas e o excesso de bebida. Deixe de lado molho branco, queijos amarelos e fritura.

Ainda sobre a alimentação, temos mais algumas dicas:

Cisteína: os brócolis salvam – Também conhecido com acetaldeído, o etanal é uma toxina gerada pela reação do álcool no corpo humano e pode causar dores de cabeça, náuseas e tontura. Por isso, não há nada melhor do que cisteína encontrada em ovos, brócolis, pimenta, cebolas e gérmen de trigo, para que seu fígado libere todo o etanal do seu corpo e acelere no processo da cura da ressaca.

Potássio: bananas podem ajudar – Devido ao fato de as bebidas alcoólicas serem muito diuréticas, é comum que os nutrientes do corpo sejam eliminados junto com a urina. O potássio é um dos elementos que mais são eliminados no processo, por isso é de suma importância que as pessoas com ressaca comam alimentos ricos nesse nutriente. Por isso, ingerir bananas, batatas chips e suco de laranja pode ser uma ótima ideia.

Frutose: o doce nunca é doce na ressaca – Uma das maneiras mais simples (e rápidas) de recuperar as reservas de energia é por meio da frutose (açúcar oriundo das frutas). Encontrada em frutas, a frutose acelera o processamento do álcool pelo corpo. Infelizmente, isso não significa que as frutas vão ser gostosas, pois é fato que o paladar em dias de ressaca fica bastante alterado.

Sódio: o isotônico de verdade – O sal em excesso faz mal à saúde, mas ele é muito necessário para que o corpo consiga realizar algumas das principais reações químicas necessárias para a manutenção dos estados normais. Acordou mal? Está na hora de comer alguma coisa com sal. Mas há também outras formas de fazer o organismo recuperar o elemento químico. Ingestão de isotônicos é uma ótima alternativa, mas água de coco pode ser ainda melhor.

Com essas dicas, esperamos que você se sinta melhor e ajude também seus amigos foliões! 🙂

Fonte: beleza e saude | tecmundo

Related Posts

Comments are closed.